Monday, 22 August 2011

Síria

Nos últimos dias postei sobre o último (mais recente, não confundir com derradeiro) capítulo do conflito entre Israel e palestinos.

Eu certamente não sou desses que muda de assunto falando "mas sei-lá-onde a coisa tá muito pior". Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, e vice-versa. Tendo dito isso, creio que cabe dizer que em outros países da região "a coisa tá bem pior", o que não justifica nada e não explica nada sobre o que está acontendo por aqui.

Direto ao ponto. Hoje saiu um statement sobre a situação na Síria pela alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Navi Pillay. Ela estima que o regime de Assad já tenha matado cerca de 2200 pessoas desde o começo dos protestos no meio de Março, destes cerca de 350 desde o início do mês do Ramadan. O comunicado fala sobre o parecer do fact-finding mission enviado à Síria pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU. Fala-se sobre o que já sabemos: assassinato direcionado da população civil que (na grande maioria das vezes) protestava pacificamente, levado a cabo pelas forças de segurança e exército sírio.

Quem tiver muita vontade de ler o parecer, pode encontrá-lo aqui, em inglês:


No comments:

Post a comment